YOGA: Studio Shakti comemora aniversário com aulão.

Esta semana, para falar de YOGA e bem-estar o Canal Ultranativo entrevistou a Professora Núria Lima do Studio Shakti Yoga. Núria atende em Três Pontas e contou com exclusividade sua trajetória e os benefícios da prática no dia-a-dia. Foi apresentada ao YOGA há cerca de dez anos, um médico amigo indicou a prática, era uma época particularmente difícil para a iniciante, que enfrentava problemas pessoais que geravam tantos outros problemas físicos. Com aulas da Professora Janice Dias, descreve que sentia estar reencontrando a si mesma, podia ficar bem, mesmo quando tudo ao redor estivesse bem ou mal.

As aulas com a Professora Janice duraram dois anos, até que o horário de Núria se desfez, a necessidade de continuar fez com que a prática não ficasse de lado. Autodidata e se sentindo bem para prosseguir sozinha, baixava vídeos no Youtube e praticava. Na época acabava de se formar em Ciências Biológicas, um filho pequeno, trabalhava no ramo de vendas de biciletas, dava andamento no curso de Pós Graduação em Pedagogia Empresarial, mas  sentiu um grande impulso para realizar o curso profissionalizante de YOGA. Foi para São Paulo atrás do Curso de Formação e Yoga.  “… parecia um labirinto escuro, não sabia aonde ia dar essa teimosia ou impulso de seguir meu coração, foram dois anos de formação básica”, explica Nuria. Mas os estudos nunca mais pararam. Com um ano de curso começou a praticar com alguns amigos, que foram chegando cada vez mais até tudo tomar sua forma.

O Estúdio Shakti começou reunindo um pequeno grupo em um espaço da mãe de Núra, posteriormente passando para a Clínica da Dra. Ângela Menegato e há três anos possui um espaço especifico para a prática de YOGA. A montagem foi simples, mas a meta sempre foi atender a necessidade de um praticante iniciante, pois sabia que o mais avançado era capaz de praticar até “na Avenida Paulista no pico do caos e do estresse do dia à dia”. Ela descreve que foram tirando estímulos externos, oferecendo um ambiente acolhedor, silencioso e calmo. Adepta de tudo que é natural e alternativo, introduziu elementos da cromoterapia, aromaterapia e musicoterapia em conjunto às aulas. Especializou-se nas aulas de Hatha Yoga – feitas nas cordas (Kurunthas)-, excelente técnica para quem tem problemas articulares, capaz de proporcionar experiências meditativas dentro das posturas por servir de apoio.  Formou-se ano passado em Yoga Restaurativa com a Professora Miila Derzetno, método que muito acrescenta na prática do relaxamento das aulas13625082_10207056686683180_30024539_n tradicionais, serve também para o que ela define como: “restaurar um vaso quebrado”. O método que partiu dos acessórios do Professor Iyengar, serve para postura passivas em que é isolado o sistema musculoesquelético, visando levar o aluno a um estado bem profundo de relaxamento e meditação. Terapêutico, o método ativa o sistema nervoso parassimpático, proporcionando menor pressão interna e com isso os vasos relaxam, os batimentos cardíacos diminuem, a pressão arterial é equilibrada e é possível sentir bem-estar físico, mental e emocional.

Núria concilia as atividades como mãe, esposa, dona de casa, administradora e professora de YOGA para atender de duas a três vezes por dia, cerca de 60 alunos cadastrados. Ela revela que está muito satisfeita, percebe a receptividade para sua proposta de trabalho e os constantes pedidos de abertura para novos horários. Além do quadro de horários semanais fixos, acontecem também Workshops com convidados especiais em alguns fins de semana. Outra atividade interessante realizada pelo Estúdio é a participação em retiros nas montanhas. Núria cita que nossa linda região montanhosa é rica em recursos naturais e que ela e os alunos buscam explorar esses recursos estando sempre próximos das cachoeiras, das matas e os campos. Neste ano, o Vale do Matutu, em Aiuruoca foi um dos destinos. Outro muito interessante que a professora faz referencia é aqui mesmo, em Três Pontas, na Fazenda Zaroca. O evento foi realizado pelo próprio Estúdio, as mulheres ficaram reunidas em um final de semana, com palestras sobre astrologia com a Professora Aposentada da UFMG Elizabeth Margutti, aulas de dança, fogueira, conversas e muitas histórias. Na quarta-feira acontecem aulas de dança do ventre com a Professora Roberta Pereira, “sinto-o é um resgate à sensualidade do feminino”, completa. Também realizam atividades sociais para beneficiar famílias em Três Pontas, interagem os alunos do YOGA e suas habilidades e entre eles acontece uma linda troca de conhecimento e cestas básicas.

O Stúdio Shakti Yoga comemora dia 08 de julho seus três anos. O Estúdio é canceriano e se programa para comemorar o aniversário nesse final de semana, 10 de julho. A comemoração vai acontecer em um espaço onde funciona um Do-jo de Aikidô cedido pela aluna Selma Ferreira. Apelidado de “Aulão”, o encontro terá apresentações de dança da Professora Roberta Pereira e em seqüência aulas de Hatha-Yoga caminhando para um Satsang que significa “encontro com a verdade”, ministrada pela professora do Stúdio Shakti Yoga, Núria Lima. A fim se prepararem para o encontro, alguns alunos estão praticando Kirtans, que são mantras de caráter “extroverssor”, que visam desobstruir nadis, canais por onde circula o prana. Para o futuro, Núria revela que quer continuar a estudar e a praticar (o seu sádhana). “A filosofia dá a base, mas é necessário sentir na pele, então meu trabalho é sempre, primeiramente, comigo mesma, e meus alunos servem de grande incentivo para que eu continue”. Em setembro a professora vai para os Estados Unidos, onde estará experimentando algumas aulas de Hot, Acro Yoga e Yoga Dance, além do contato com outros profissionais. Núria garante que irá trazer todas as novidades para o Estúdio. Indagada sobre os sonhos que tem, a professora termina dizendo que outro grande sonho e plano para o futuro é uma viagem à Índia.

 

Este slideshow necessita de JavaScript.

YOGA

Yoga ou ioga é um termo sânscrito que vem de yug =unir, adequar, agir, controlar ou até separar sendo o verbo “unir” o mais indicado para se definir o Yoga.  Pode-se dizer que yoga é uma filosofia prática que busca unir corpo, mente e coração, ela foi compilada por Patanjali há mais ou menos aproximadamente, 4.000 anos atrás – e ganhou o nome de Ashtanga Yoga: método dividido em 8 partes que visa levar o chela (aprendiz) ao estado de moksha – libertação dos processos de identificação com a mente.

YOGA é para mim meu caminho e minha meta. Ele já não acontece somente na sala de aula, está presente em tudo que eu faço, sinto que em mim que o YOGA proporcionou e tem proporcionado mudanças contínuas de percepção.”  Inicia Núria. “… é como se eu conseguisse ver o mundo sobre novos ângulos, novas perspectivas me auxiliam a romper com muitos conceitos pré-concebidos e a partir de minha própria experiência vou reconhecendo o mundo através do conhecimento próprio.  Isso mudou e tem mudado tudo, porque não é acabado, é contínuo, pode parecer vaga minha explicação para quem não conhece a técnica, mas, posso descrever como se fossem camadas de cebola sendo retiradas, ou ainda como se trocássemos as lentes sujas que deixam a visão turva, embaçada por uma visão que é mais clara do mundo”. E completa “… de forma prática posso dizer que sou mais feliz  me comparando com a Núria de 10 anos atrás. hoje posso dizer que sou mais desinibida em mostrar meus sentimentos, então eu abraço mais, eu me exponho mais, choro com liberdade e não fico pensando no que vão achar, me olho com mais franqueza e me permito: ficar triste.  Vejo meu orgulho, olho claramente para a formação da raiva, das dores e não nego aquilo que sempre queremos esconder. Aproveito mais a vida dentro das minhas possibilidades, dou mais valor ao momento presente e não fico perdendo  tempo com passado ou futuro. Eu sigo em frente.”

Comentários

Comentários

%d blogueiros gostam disto: