Novo vazamento na Barragem do Fundão faz Samarco acionar alerta

A mineradora Samarco acionou a Defesa Civil de Mariana – MG após a barragem do Fundão apresentar um novo vazamento no começo da tarde desta quarta-feira. Este é o primeiro deslizamento que acontece desde o estouro da barragem há quase três meses, que destruiu o distrito de Bento Rodrigues e matou o Rio Doce. Foi adotado o alerta amarelo, que obrigou os 150 funcionários a saírem do local por motivos de segurança.

O chefe da Defesa Civil de Mariana, Welbert Stopa, afirmou que houve um deslocamento de massa, mas que foi material acumulado que vazou. Um Boletim da Samarco enviado ao Departamento Nacional de Produção Mineral (DNPM) indicava a presença de 150 trabalhadores no local no momento do vazamento, e até agora não houve vitimas ou prejuízos. O responsável pela Defesa Civil ainda detalha que esses materiais acumulados são sedimentos do vazamento anterior, em 5 de novembro, que matou 17 pessoas, deixou duas desaparecidas, arrasou comunidades e provocou o colapso no abastecimento das cidades às margens do Rio Doce.

A mineradora Samarco disse que ainda irá se pronunciar sobre o caso, mas minimizou o incidente, mas qualificou o vazamento como de “volume pequeno”. Ela ainda descartou risco de que esse material siga adiante nos cursos d´água e que não há motivo para pânico. O promotor Carlos Eduardo Ferreira Pinto, coordenador do Núcleo de Combate aos Crimes Ambientais do Ministério Público de Minas Gerais, mandou deslocar uma equipe ao local para apurar o novo incidente. Profissionais da Secretaria de Estado de Meio Ambiente e Desenvolvimento Sustentável também estão a caminho.

Fonte: Estado de Minas

Comentários

Comentários

%d blogueiros gostam disto: