Festival Faísca 2016 anuncia programação de Alfenas

(Foto: Sandra Ribeiro/Poços Já)
(Foto: Sandra Ribeiro/Poços Já)

A terceira edição do Festival Faísca 2016 já se ascendeu. O evento, que acontece anualmente, já passou por Poços de Caldas, e acabou de anunciar a programação para Alfenas, e está na expectativa para o lançamento das atrações em Varginha.

Com uma estimativa de público de 10 mil pessoas, a programação do Faísca 2016 foi definida por meio de chamada pública, da qual foram selecionadas as atrações culturais, mas também prevê a inserção de artistas convidados. A seleção foi realizada por meio de curadoria especializada, vinculada à equipe de produção do festival, e convidados.

Em Alfenas, o evento contará com apresentações do Grilo à Paisana, Projeto Consonância, Compasso Lunnar, Daniela Lassalvia, Las Forasteras, Rodrigo Mikelino, Leandelírio Literal, Mc Chavez & Uncle Freaks Jam, Ferdi, Facção Caipira, Palhaço Fusquinha e Fino Du Rap. Além disso, o encontro também traz o palco aberto, e abre espaço para Poetas Convidados, e para as performances Parto-me e Tapete Manifesto.

A programação também traz oficinas de Palhaço, Grafite, Equilíbrios, Breaking, Dança do Ventre, Yoga e muito mais.1

Em Varginha, o festival acontecerá entre os dias 21 e 24 de setembro. A programação de Varginha ainda não foi lançada oficialmente, mas o Canal UltraNativo já achou na agenda da Banda Marginália que eles participarão no sábado (24).

Festival Faísca 2016

Criado em 2014, num ambiente universitário, o Festival Faísca nasceu da propósito de trocar experiências entre os

estudantes e a população local. Mas quem acaba sendo os maiores beneficiários é a comunidade, que tem acesso gratuito à todas as atividades, apresentações e capacitações artísticas desenvolvidas pelo projeto.

Por onde passa, o Faísca ascende oportunidades de acesso a arte e cultura, seja na música, artes da cena, exposições de artes visuais, mostra de cinema e literatura, bem como oficinas de formação em dança, produção audiovisual, música, circo e teatro.

A maioria da equipe de produção é formada por voluntários, que também crescem com os valores que aprendem durante o

(Foto: Poços Já)
(Foto: Poços Já)

s eventos – trabalho em equipe, gestão compartilhada, respeito às diferenças e relacionamento interpessoal. A desenvolvimento do festival também beneficia artistas e empreendedores criativos, por ser um espaço de difusão de diversas produções autorais.

Em 2015, o Festival mobilizou as cidades de Alfenas, Poços de Caldas e Varginha, em uma produção que envolveu cerca de 40 voluntários, 150 artistas e diversos prestadores de serviços. As oficinas chegaram a aproximadamente 300 inscritos, as apresentações, exibições e exposições atenderam cerca de 8 mil pessoas.

Todas as atividades do Faísca serão realizadas em ambientes devidamente preparados para receber portadores de necessidades especiais, rampas de acesso, banheiros preparados e guias (acompanhantes). Nos espaços ao ar livre, serão disponibilizadas diversas cadeiras, tendas, banheiros químicos para maior conforto do público.

O evento também é completamente alinhado à sustentabilidade. Todo o material utilizado na decoração, mobiliário e outros, é pensado para amenizar impactos ambientais, nos eventos também existe a coleta seletiva e práticas de conscientização ambiental com a colocação de coletores distintos de resíduos sólidos (papel, plástico, vidro, metal e rejeitos), veiculação de informativos a respeito da maneira correta de eliminação dos rejeitos e distribuição de mudas.

Comentários

Comentários

%d blogueiros gostam disto: